Bem-vindos ao CFAESintra!

25 anos ao serviço da Formação e das Escolas.CFAES – O Nosso Centro!
Formação: Poder Positivo

Um espaço de formação, reflexão e partilha, aberto à participação dos diferentes agentes educativos.

Anúncios

Autonomia e flexibilidade curricular – aprendizagem baseada em metodologia de projecto

A Oficina de Formação “Autonomia e flexibilidade curricular – aprendizagem baseada em metodologia de projecto” está a realizar-se novamemte, desta vez no Agrupamento de Escolas Visconde de Juromenha que também é a entidade financiadora. Esta oficina é orientada pela Professora  Maria Manuel Calvet Ricardo e pretende repensar, trocar propostas e experiências sobre a metodologia de projecto, algo inerente à autonomia e flexibilidade curricular.

 

 

Com vinte formandos dos jardins e escolas do Agrupamento a referida oficina iniciou-se a 9 de Janeiro e terminará no início de Março, com 25 horas presenciais e 25 horas não presenciais.

Boas Festas!

Educação para a cidadania: do enquadramento às práticas – a avaliação final

Terminou a Oficina de Formação “Educação para a cidadania: do enquadramento às práticas” que teve como formadora a Dr.ª Ana Pires. Recordamos que esta Oficina resultou da preocupação do CFAE Sintra em apoiar as escolas na  implementação da Estratégia Nacional de Educação para a Cidadania (ENEC) nos currículos dos vários ciclos escolares.

Os  objetivos fundamentais da Oficina em causa foram:

Abordar formas de operacionalização da ENEC ao nível da Escola: aprendizagens esperadas em Cidadania e Desenvolvimento (CD); componentes fundamentais dos domínios da educação para a cidadania; exploração. produção e aplicação de recursos educativos de apoio ao trabalho docente em CD;

Utilizar metodologias ativas, centradas na aprendizagem vivencial da cidadania democrática e na abordagem inter, multi e transdisciplinar;

Promover práticas de avaliação dos alunos adequadas a conteúdos e metodologias de educação para a cidadania.

 

A sua avaliação final por parte dos formandos reslutou num “Muito Bom”.

 

Trilhos -Programa de Desenvolvimento de Competências Sociais e Pessoais

Realizou-se no Agrupamento de Escolas Alto dos Moinhos uma oficina intitulada “Trilhos -Programa de Desenvolvimento de Competências Sociais e Pessoais”. Esta oficina, criada numa parceria entre a Divisão de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e Dependências e o CFAESintra, foi destinada a professores do terceiro ciclo do agrupamento referido, foi orientada pela formadora Isabel Prata e decorreu entre Janeiro e Julho de 2018.

gaapp_risco_1_600_422

[imagem in https://www.cm-maia.pt/pages/321?news_list_62_page=30%5D

Com a referida ação de formação pretendeu promover-se a qualificação e atualização de conhecimentos dos professores no âmbito da educação para a saúde, da prevenção do consumo de substâncias psicoativas e de outros comportamentos de risco, através de um programa de desenvolvimento de competências sociais e pessoais, implementado junto dos alunos no decorrer da Oficina.

 

Autonomia e flexibilidade curricular – aprendizagem baseada em metodologia de projecto

Está a decorrer, até meados de Janeiro, a Oficina de Formação “Autonomia e flexibilidade curricular – aprendizagem baseada em metodologia de projecto”. Esta formação, financiada pelo Agrupamento de Escolas Leal da Câmara, destina-se aos seus educadores e professores, tem como formadora Maria Manuel Calvet Ricardo e pretende repensar, trocar propostas e experiências sobre a metodologia de projecto, algo inerente à autonomia e flexibilidade curricular.

       

 

Com vinte formandos dos jardins e escolas do Agrupamento a referida oficina iniciou-se a 6 de Novembro e terminará a 15 de Janeiro, com 25 horas presenciais e 25 horas não presenciais.

Reunião de rede AFC com as escolas associadas dos CFAESintra, Rómulo de Carvalho e Novafoco

Dia 30 de Setembro 2018, na Escola Secundária de Mem Martins,  realizou-se uma reunião envolvendo a equipa de acompanhamento da Autonomia e Flexibilização Curricular (AFC), os senhores representantes  em mobilidade nos três CFAES nomeados no título e, finalmente, os senhores diretores e os senhores coordenadores de apoio à educação Inclusiva e outros elementos.

O objetivo  do referido encontro destinou-se a facilitar a partilha, colaboração e disseminação de práticas entre escolas no âmbito do Decreto-Lei n.º 54/2018 e do Decreto-Lei n.º 55/2018. Estes objetivos concretizaram-se de imediato num debate em que se colocaram algumas dúvidas e se informou sobre o decorrer da implementação dos novos dispositivos legais em alguns agrupamentos.

 

Articulação e Supervisão Pedagógica. Última Ação de Formação PNPSE

Iniciou-se a 19 de Outubro e decorrerá até 10 de Novembro, a última ação de formação integrada no PNPSE, a Oficina intitulada “Articulação e Supervisão Pedagógica”.  Sendo a última de quatro turmas, tem como formadora a Professora Rosa Santos e conta com 18 formandos de 7 dos 11 agrupamentos associados no Centro de Formação de Sintra, abrangendo educadores e professores de todos os ciclos.

 

Com esta  oficina pretende-se que os formandos sejam dotados de competências no âmbito da conceção e implementação da supervisão pedagógica e do trabalho colaborativo e em rede para melhorar o desempenho profissional docente, produzir e aplicar materiais adequados ao desenvolvimento de competências de comunicação e desenvolver a predisposição para a partilha de práticas e a reflexão conjunta sobre as mesmas.

O Ensino Experimental das Ciências no Primeiro Ciclo.

Entre 21 de Setembro e 19 de Outubro decorreu o curso de formação intitulado “O Ensino Experimental das Ciências no Primeiro Ciclo”. Esta ação contou com professores dos vários agrupamentos associados no CFAESintra e teve como responsável pela formação a Dra. Sandra Canário C. Ribeiro.

Os objetivos do curso referido foram:

  • Aumentar os conhecimentos científicos e didáticos dos formandos sobre a Ciência de modo a melhorar o processo de ensino.
  • Identificar e relacionar os diversos conteúdos programáticos.
  • Apresentar e discutir estratégias e metodologias de trabalho no âmbito do ensino experimental das ciências.
  • Elaborar materiais para, posteriormente, serem utilizados na sala de aulas.
  • Sugerir possíveis meios de avaliação dos alunos, definindo o que se quer avaliar (conhecimentos, aptidões, atitudes, ….) e como se pretende adquirir os elementos de avaliação.

Articulação e Supervisão Pedagógica

Realizar-se-á entre os dias 19 de Outubro e 10 de Novembro de 2018 uma ação de formação “Articulação e Supervisão Pedagógica” destinada a Educadores de Infância e Professores dos Ensinos Básico e Secundário.

 

Local : Escola Secundária de Mem Martins.

Formadora: Rosa Santos

 

No final da ação os formandos deverão ser capazes de:
a) Desenvolver procedimentos tendentes a melhorar competências no âmbito da conceção e implementação da supervisão pedagógica e do trabalho colaborativo e em rede para melhorar o desempenho profissional docente, os resultados escolares dos alunos e a qualidade da escola como organização aprendente;
b) Produzir e aplicar técnicas e instrumentos adequados ao desenvolvimento da função de coordenadores de estruturas pedagógicas e avaliadores do desempenho docente;
c) Produzir e aplicar materiais adequados ao desenvolvimento de competências de comunicação;
d) Desenvolver a predisposição para a partilha de práticas e a reflexão conjunta sobre as mesmas.

 

Cartaz PNPSE – Articulação e Supervisão Pedagógica

 

As inscrições e a seleção dos formandos são da responsabilidade das direções dos Agrupamentos.

 

Educação para a Cidadania: do enquadramento às práticas

Está a decorrer na Sala de Formação do CFAES, na Escola Secundária de Mem Martins, a Oficina sob a designação: “Educação para a Cidadania: do enquadramento às práticas”. Esta Oficina resulta da preocupação do CFAES Sintra em apoiar as escolas na  implementação da Estratégia Nacional de Educação para a Cidadania (ENEC) nos currículos dos vários ciclos escolares.

 

 

Com a duração de 60 horas, 30 presenciais  e 30 de trabalho autónomo, a referida Oficina é orientada pela Dra Ana Pires e conta com formandos dos vários agrupamentos que constituem o nosso CFAES.

Os  objetivos fundamentais da Oficina em causa são:

  • Abordar formas de operacionalização da ENEC ao nível da Escola: aprendizagens esperadas em Cidadania e Desenvolvimento (CD); componentes fundamentais dos domínios da educação para a cidadania; exploração. produção e aplicação de recursos educativos de apoio ao trabalho docente em CD;
  • Utilizar metodologias ativas, centradas na aprendizagem vivencial da cidadania democrática e na abordagem inter, multi e transdisciplinar;
  • Promover práticas de avaliação dos alunos adequadas a conteúdos e metodologias de educação para a cidadania.